Patrimonio‎ > ‎

Castro da Azougada

Deste povoado provém uma conhecida placa calada de cinturão em bronze, com a representacão dos protomos geminados de dois antilopes e dois espetos em bronze.

Um núcleo de artefactos mais antigos que pode ter feito parte de alguma estrutura com carácter religioso (talvez um pequeno santuário), é essencialmente constituido por uma estatueta "smiting god", pela placa já referida, por uma roda de carro votivo e um grande fecho de cinturão com um único garfo. A este conjunto devem ser associados os espetos de tipologia muito simples, quase lineares, algumas cerâmicas grafitadas, cerâmicas com acabamento de verniz vermelho e cerâmicas cinzentas com engobes e polimento que podem genericamente ser datados do sec. VI e V a.C.

Um segundo conjunto, um pouco mais tardio (séc. IV), engloba pequenas fíbulas anelares, cerâmicas áticas, vasos pintados com bandas de tipo "iberico", assim como contas de pasta vítrea de cor azul clara, oculadas a branco e a azul escuro, poucos brilhantes.

Localização

Numa elevação sobre o rio Ardila, afluente da margem esquerda do Guadiana - Azougada
Moura, freguesia de São João Batista.









fonte:www.igespar.pt

Comments